quarta-feira, 17 de junho de 2020

Em Piancó, trinta casos da Covid-19 preocupa autoridades de saúde e município endurece restrições


O Decreto nº 30/2020 da Prefeitura de Piancó, com o objetivo de reduzir a propagação do novo Coronavírus (COVID-19) no Município, decretou em todo o território municipal, a medida de Quarentena prevista no art. 3º, II, da Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, consistente em restrição de atividades, nos termos consolidados por este Decreto.

Está suspenso o funcionamento de restaurantes, lanchonetes, bares e similares, salvo para entrega em domicílio (delivery).  Estão suspensas também as atividades coletivas de qualquer natureza como cultos, missas e congêneres em igrejas, espaços religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares.  A feira livre continua suspensa.

Boletim epidemiológico, atualizado em 16/06, dá conta de que a cidade, mesmo com todas os termos consolidados, contabilizou 30 (trinta) casos confirmados de pessoas com a Covid-19. Todo o Município está sob rígida Quarentena.O prefeito Daniel Galdino e o secretário de saúde Antonio Leite, disseram que as restrições  serão estendidas por mais tempo.

Confira abaixo as principais orientações:
- Lave bem as mãos com água e sabão (dedos, unhas, punho, palma e dorso) e seque-as, de preferência com toalhas de papel.
- Higienize as mãos com álcool em gel 70% com frequência.
- Evite aglomerações.
- Reduza o contato social.
- Utilize o álcool gel para higienizar celulares, brinquedos, maçanetas e corrimões.
- Para a limpeza doméstica, aposte na água sanitária para desinfetar superfícies.
- Roupas, inclusive as de cama, de pessoas infectadas devem ser lavadas à parte. Caso não seja possível lavá-las imediatamente, armazene-as em sacos plásticos.
- Evite abraços, apertos de mãos e beijos no rosto.
- Ao tossir, cubra a boca e o nariz com a parte interna do braço ou use lenço descartável (e jogue-o fora imediatamente após o uso).
- Evite levar as mãos aos olhos, nariz e boca.
- As máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais de saúde, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o coronavírus.
- Tenha em sua residência medicamentos para a redução da febre e controle da tosse. O ideal é que eles sejam receitados por um médico, a depender de cada caso.
- Se você apresenta sintomas da doença, procure uma unidade de saúde.
- Pessoas diagnosticadas com o coronavírus serão aconselhadas pelo médico em relação ao atendimento hospitalar e isolamentos mais apropriados.
- Idosos e doentes crônicos devem evitar contato social como idas ao cinema, shoppings, viagens e locais com aglomeração de pessoas.
- Se imunize contra a gripe: a Campanha Nacional de Vacinação terá início em 23 de março, com priorização para idosos e profissionais de saúde. Mesmo que a vacina não seja especificamente contra o coronavírus, protege contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e Influenza B) e, por isso, ajuda a reduzir a demanda de pacientes com sintomas respiratórios, acelerando o diagnóstico de pacientes com o Covid-19.


oblogdepianco.com.br