sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Criança de seis anos cai de ônibus escolar e morre atropelada, no Conde; fato ainda não foi solucionado

Um fato  ocorrido na manhã da última sexta-feira (06/09) na cidade de Conde, litoral Sul paraibano, volta a tona, através do advogado Eduardo Marques, que representa a família da vítima K. F. da S. de 6 anos de idade hoje falecido,  retornando da escola, o qual tinha como condução o ônibus escolar fornecido pela Prefeitura Municipal do Conde, e chegando em um determinado trecho, mas preciso na Rua Waldemir Braz Pereira,  foi surpreendido com a abertura da porta de passageiro, levando-o a cair do ônibus e ser atropelado por ele, ocasionando a sua morte de imediato.

A vítima sofreu TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO GRAVE, conforme Certidão de Óbito, em momento  que estava sendo transportado pelo ônibus da prefeitura sem nenhum dispositivo de segurança, o qual resultou em sua MORTE.

A vítima K. F. da S., estava devidamente matriculado na Escola Maria da Penha A. de Souza, no 1º ano do ensino fundamental no turno da manhã no ano letivo de 2019, conforme documento probatório apresentado pelos pais da criança. Durante o período de aula, a vítima tinha como transporte escolar o ônibus de placa QSL7370, Conde – Paraíba, de marca e modelo MPolo Volare V8L 4x4 EO, ano de fabricação 2018∕2019, o qual pertence ao município.

Pelo laudo pericial foi constatado que a porta de passageiro de deficiente físico apresentava defeito em uma das suas travas e com a trepidação do ônibus a mesma se abriu. 

"O fato agravante é que os alunos que estavam sendo transportados, estavam soltos sem o uso devido do cinto de segurança, como também sem usar os acessórios de segurança como os assentos de elevação de cadeiras para transportar os alunos".

O menino de apenas 6 anos, que estava sendo transportado em um ônibus escolar para a Zona Rural da cidade, caiu do veículo e foi atingido pelo pneu traseiro do ônibus.

O Samu chegou a ser acionado, mas apenas constatou o óbito.

De acordo com a prefeitura da cidade uma sindicância já foi solicitada para apurar o caso.

PBAgora
oblogdepianco.com.br