sexta-feira, 13 de setembro de 2019

ROMPIMENTO SEM VOLTA - Adriano diz que Ricardo Coutinho atropelou, constrangeu e humilhou João, ele e outros amigos: “Não aceito”

Coube ao deputado Adriano Galdino emitir o comunicado fúnebre do rompimento entre o governador João Azevedo e o ex Ricardo Coutinho. Em entrevista à Imprensa, nessa terça (dia 9), disse que não existe mais confiança reciproca, e eles devem “marchar em partidos diferentes”. Ele próprio já prepara sua retirada do PSB: “Não dá. Não tenho mais com conviver com esse agrupamento político.”

“A direção nacional optou por Ricardo Coutinho, cabe agora a João e seu grupo buscarem outra legenda para fazer política na Paraíba”, adiantou. Galdino ainda externou toda sua mágoa com o comportamento de Ricardo Coutinho: “O sentimento do grupo, sinceramente, é de decepção… da maneira como ele fez, vindo por cima, atropelando, constrangendo amigos, humilhando amigos, ai não concordo, não aceito…”

Foi tão incisivo, que ainda arrematou: “Até se o governador João Azevedo fizer as pazes com ele (Ricardo Coutinho), ele saio de todo jeito, não me sinto confortável.” Disse ter vários convites, mas tem uma condição: “Só vou para um partido para ser presidente.” Recebeu convites do PTB, PRB, Patriotas e Avante, que teriam aceitado sua condição, mas disse que vai refletir sobre qual será sua escolha, quando houver janela para transferências.

heldermoura