segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Em Patos (PB); Bloqueio de mais de 7 milhões vai garantir pagamento aos médicos do Hospital e Maternidade

O bloqueio de mais de R$ 7,5 mi solicitado pelo Sindicato dos Médicos vai garantir pagamento dos profissionais contratados pela GERIR para prestar serviços no HRP e Maternidade Peregrino Filho. Já os demais servidores seguem sem perspectivas de receber os salários referentes aos meses de julho e agosto.

Liliane Sena se pronuncia sobre atrasos e repete o discurso anterior: “O governo do estado está empenhado em resolver essa situação”, disse, mais uma vez, a diretora do Jandhuy Carneiro durante entrevista dada ao jornalista Misael Nóbrega.

“Vamos aguardar as próximas definições dessa audiência que acontece nesta segunda feira”, acrescentou a gestora que aproveitou para agradecer aos servidores que continuam trabalhando, mesmo sem receber seus vencimentos.

Jornal da Manhã – Rádio Morada do Sol