quinta-feira, 19 de setembro de 2019

BNDES divulga financiamento para Luciano Huck


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou uma lista com 134 empresas que tomaram financiamentos com o banco público entre os anos 2009 e 2014 para a compra de jatos da Embraer. 

Entre as listadas, está a Brisair, do empresário, apresentador de TV e apoiador do movimento político RenovaBR, Luciano Huck. A Brisair contratou empréstimo de R$ 17 milhões com o BNDES em 2017.

As informações são do jornal Estado de S. Paulo
De acordo com a reportagem, a divulgação ocorreu dias após Luciano Huck fazer críticas ao governo Bolsonaro. “Esse governo foi eleito de maneira democrática. Mas eu não acredito que a gente está vivendo o primeiro capítulo da renovação. Para mim, estamos vivendo o último capítulo do que não deu certo”, disse o apresentador, ao participar de um evento no Espírito Santo.

Na última quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro havia adiantado em suas redes sociais que iria publicar quem comprou jatinhos com financiamento do banco público, se referindo à “caixa preta’ do BNDES. Bolsonaro também declarou que "o anúncio vai expor gente que está dizendo que estamos no último capítulo do fracasso”.

No ano passado, quando Huck ainda era um dos virtuais nomes para concorrer à presidência da República, o jornal Folha de S. Paulo já havia publicado informações sobre o empréstimo. Na época, o empresário respondeu que “o Finame é um programa do BNDES de incentivo à indústria nacional, por isso financia os aviões da Embraer”, relata a reportagem.

Na lista também constam empresas ligadas ao governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB). O governo de São Paulo informou em nota que não há irregularidade no financiamento.

Em 20 ago, 2019 - 10:21