domingo, 11 de agosto de 2019

Vice prefeita de Emas assume prefeitura e já se lança pré candidata para 2020

Conforme informações repassadas a nossa Redação pelo suplente de vereador Saturnino Azevedo (PP), a vice prefeita da cidade de Emas tomou posse nessa sexta-feira (09) em decorrência de uma decisão da Justiça Federal que afastou do cargo o prefeito José William Segundo Madruga (MDB). Ele é um dos investigados na Operação Recidiva, do Ministério Público Federal, que apura fraudes em obras e licitações em várias prefeituras paraibanas. Anete Loureiro (PEN), que foi eleita vice na chapa que elegeu o prefeito hoje afastado do cargo, assume a partir de agora, os destinos da cidade das Emas. Ambos foram eleitos pela Coligação 'UNIDOS PELO DESENVOLVIMENTO', composta dos partidos: PRB/PMDB/PEN/DEM/PSD. Hoje o Grupo Madruga se torna Oposição! A nova prefeita já entra na gestão com maioria absoluta na Câmara Municipal. 

O afastamento do prefeito foi determinado pelo juiz da 14ª Vara Federal Claudio Girão Barreto na última quarta-feira (07). O prefeito deve permanecer afastado das funções por 180 dias, ou até que seja julgada uma ação de improbidade administrativa que investiga o envolvimento dele em um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos com uma construtora para obras de uma praça pública do município.

Conforme Saturnino Azevedo,  com a chegada Anete à prefeitura de Emas e agora poderão colocar em prática, ações administrativas que visam o bem da comunidade emense, já com o objetivo de lançar uma candidatura em 2020 como o nome de Anete (já pré-candidata), "com a finalidade de moralizar Emas", disse.

A Oposição está unida em torno da nova prefeita que foi empossada com a presença de todos os representantes políticos da cidade.