quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Em Piancó, Cantor suspeito de matar policial civil em emboscada é absolvido

(J. Cláudio e Dr. Carlos Cícero)
O Tribunal do Júri da Comarca de Piancó, Fórum Desembargador 'Luiz Sílvio Ramalho' teve uma quarta-feira (14/08) bastante agitada com o julgamento do cantor/seresteiro J. Cláudio [José Cláudio Pereira Costa] que estava no presídio de Piancó, acusado pela morte do agente da Polícia civil, Jorge Leonardo de Oliveira [Jorge de Zé Careca], ocorrido em no ínicio do ano de 2018 na Comunidade Rural MURICÍ, pertencente ao Município de Piancó. Jorge foi vítima de uma emboscada ocorrida na manhã do dia 09 de abril de 2018 e veio a óbito no local, dentro do seu veículo.

A defesa de J. Cláudio foi feita pelo advogado da cidade de Nova Olinda, Dr. Carlos Cícero, que nas suas alegações de defesa, disse que o seresteiro não tinha nenhum envolvimento com a autoria do crime, inocentando o mesmo de ter cometido o delito. Além do seresteiro, outros dois suspeitos também foram presos no dia do crime.

O julgamento terminou quase no ínicio da madrugada dessa quinta-feira (15/08). Era por volta das 23:30h de quarta-feira (14/08) quando a sessão de julgamento chegou ao final, quando o Corpo de Jurados votou pela absolvição do até então suposto acusado da morte do policial civil. O Dr. Carlos Cícero conseguiu junto aos jurados, convencê-los da inocência de J. Cláudio, provando sua inocência, baseando-se em provas palpáveis e de testemunhas.

O Tribunal de Júri da Comarca de Piancó, esteve durante todo o ato jurídico, cheio de curiosos, parentes e populares que na época do fato, ficaram chocados com o episódio criminoso. O Auditório do 'Fórum Desembargador Luiz Silvio Ramalho', um dos mais modernos do Vale do Piancó, ficou completamente lotado durante toda a audiência jurídica.