sábado, 10 de agosto de 2019

Delegado da PF fala sobre operação contra esquema de distribuição de dinheiro falso em Malta e Condado

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, na manhã desta sexta-feira (09), a Operação AÍVA, com objetivo de investigar um esquema de distribuição de cédulas falsas no Sertão da Paraíba. 

A operação contou com a participação de 35 Policiais Federais, sendo realizado o cumprimento de 07 (sete) mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados, localizadas nos municípios de Condado/PB e Malta/PB.

As ordens judiciais foram expedidas pelo Juiz Federal da Vara de Patos/PB.

ENTENDA O CASO
De acordo com informações reunidas pela Polícia Federal, no ano de 2018 foram identificados diversos casos de distribuição de cédulas falsas na região das cidades de Condado de Malta. 

Através de exames periciais e outras características das apreensões, a Polícia Federal reuniu os casos e iniciou a investigação em tela. 

Verificou-se um provável foco da atividade de distribuição de cédulas falsas na cidade de Condado, com um grupo de pessoas ligadas a atividades criminosas diversas, entre elas o tráfico de drogas. 

CRIMES INVESTIGADOS
Delito de Moeda Falsa, previsto no artigo 289 do Código Penal, cuja pena pode chegar a doze anos de prisão.

NOME AÍVA significa que “algo que não possui qualquer valor; insignificante”. Acompanhe a entrevista do jornalsita Airton Alves, da Rádio Espinharas FM 105.1, com o delegado de polícia federal, Fábio Maia, que coordenou a operação policial.

Airton Aives - Patosverdade.com