domingo, 14 de julho de 2019

Sepultado jovem vítima de emboscada na cidade de Piancó

Neste sábado, dia 13/07 a família do jovem Josenildo Soares de Sousa, de 21 anos, sepultou sob forte comoção, o corpo de um dos irmãos que foram vítimas, na última sexta-feira (12/07) na estrada que dá acesso as comunidades Craibas e Peixoto na cidade de Piancó, de uma emboscada quado os dois vinham em uma caminhonete D-20 transportando leite até a cidade de Piancó. Um dos jovens, Josenildo (Foto), morreu no local, enquanto seu irmão, André Rufino, de 18 anos, conseguiu trazer o veículo até a entrada da cidade (zona urbana) sendo socorrido por cidadãos e em seguida pela Polícia Militar e profissionais do SAMU, que o encaminharam até o Hospital Wenceslau Lopes, onde permanece sob cuidados médicos. O velório ocorreu no sítio Craibas, onde mora a família. O pai dos jovens emboscados, lembra que, mesmo com a ação rápida das polícias Militar e Civil e com a prisão do suposto autor do crime, ainda há o receio de novo atentado, já que existe uma rixa antiga entre todos os envolvidos. O senhor Antonio Soares de Souza (Paim de Cordeiro), lembra que foi vítima de emboscada semelhantes há cerca de um mês, no mesmo local, mas que por sorte do destino, conseguiu sair ileso, e lamenta que dessa vez os seus algozes tiveram êxito e conseguiram ceifar a vida de um dos seus filhos, enquanto o outro ainda está em recuperação médica.

O corpo de Josenildo Soares foi sepultado no Cemitério São Miguel, em Piancó, sob forte comoção, por ser ele muito jovem e ter sido vitima de um outro jovem, de idade semelhante conforme as apurações das polícias Civil e Militar.

Um cidadão lembra que com a legalização das armas, através do Projeto de Lei 3723/19 que permite a concessão de porte de armas de fogo, o proprietário da arma usada nesse fatídico episódio poderia ter o registro da arma na Polícia Federal, e seria possível adiantar as polícias Civil e Militar, saber a quem pertence a arma usada no crime e assim punir quem de fato estava de posse do objeto e/ou descobrir de onde veio a arma que foi usada no crime.

Antonio Cabral (DRT-PB 3085)