sábado, 6 de julho de 2019

Governo exonera diretores do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos

A exoneração de diretores do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), publicada no Diário Oficial do Estado, desta sexta-feira (05), não muda a gestão da unidade, nem tão pouco afasta os atuais diretores do Hospital. A exoneração foi a pedido e atende normas meramente administrativas de adequação à legislação já que os servidores exonerados ainda mantém vínculos com a OS Instituto Gerir, que administra a instituição até o término do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), previsto para acabar no final deste mês de julho.

“Como nós ainda temos vínculos com o Gerir, até o final de julho, e por isso foi necessário a nomeação de pessoas que não têm esse vínculo para atender, em determinadas situações emergenciais o abastecimento da unidade”, explica Liliane Sena, diretora geral do Complexo.

Ainda segundo ela, a nomeação para os cargos se deu num momento crítico, quando o governo precisava ter autonomia de compras para abastecimento do Complexo e a OS passava por problemas com outros estados e ficou impossibilitada de realizar esses e outros procedimentos. “Foi uma solução emergencial para agilizar as compras e pagamentos com o objetivo de assegurar que a população não sofresse com a interrupção de serviços”, reitera Liliane.

Os novos nomeados, que não têm vínculos com o Instituto Gerir, responderão emergencialmente, se necessário, pelas compras e pagamentos do Complexo, até o término do contrato da OS com o Estado, quando a Secretaria Estadual de Saúde firmará novo contrato de pactuação de gestão com outra OS. “Essa foi a solução encontrada para que o hospital não sofra desabastecimento e a população não tenha serviços interrompidos por alguma impossibilidade do Gerir, portanto, os novos nomeados só serão acionados em casos excepcionais”, reitera Liliane que continuará à frente da diretoria geral do Complexo, a exemplo das demais servidoras exoneradas.

Repórter PB