domingo, 28 de julho de 2019

Conselheiro tutelar é procurado pela Justiça por abusar de duas adolescentes durante um ano

Um conselheiro tutelar de 28 anos está sendo acusado de abusar sexualmente, durante quase um ano, de duas adolescentes moradoras do município de Choró, no Sertão Central do Ceará, a cerca de 170 km de Fortaleza.

Ele está foragido da Justiça desde que seu pedido de prisão preventiva foi decretado pela Comarca da cidade na última semana.

Segundo o delegado regional de Quixadá, Ícaro Gomes Coelho, o conselheiro é acusado de abusar sexualmente de duas adolescentes de 13 e 14 anos que são irmãs. A mais velha nega ter sido violentada, mas a irmã afirma que houve abuso.

Segundo o delegado, os encontros teriam ocorrido em diversos locais, entre eles a casa do acusado e até na sede do próprio Conselho Tutelar de Choró.

O conselheiro foi eleito no fim de 2015 e ficaria no cargo até 2020. O envolvimento com as garotas teria começado no ano passado quando as duas procuraram ajuda do Conselho Tutelar para denunciar negligências dos pais.

Em fevereiro deste ano, o pai das meninas procurou a polícia com fotos das conversas obtidas num computador do Conselho. Segundo o delegado, o acusado negou a princípio, mas depois caiu em contradição. 

Fonte: Diário do Nordeste