domingo, 14 de julho de 2019

Advogado de acusação no ‘Aije do Empreender’ quer condenação dos réus

Foto: Paraibaonline
O advogado de acusação Harrison Targino, que representa a Coligação “A Vontade do Povo” na ação ‘Aije do Empreender’ aposta na mudança de penalidade dos réus no processo. Na visão do advogado, é possível reverter somente a pena de multa, transferindo para a condenação por inelegibilidade.

Até o momento, faltam seis desembargadores apresentarem seus respectivos votos no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). A expectativa é que a próxima sessão ocorra na quinta-feira (18).

– O relator votou, em seu entendimento, condenando o ex-governador Ricardo Coutinho, aplicando somente uma pena de multa, o que não gera a inelegibilidade. Entretanto, nós acreditamos que o processo tem provas suficientes de envolvimento do ex-governador em abusos políticos ocorridos no ano de 2014 – afirmou Harrison.

Ele relembrou que todo o Estado da Paraíba sabe o que houve no programa Empreender da Paraíba, elencando uma série de ‘escândalos’ políticos como: a entrega de cheques e participação de Ricardo em atos políticos, nomeação de pessoas sem concursos públicos e seleções, etc.

As informações repercutiram na Rádio Correio FM