quarta-feira, 1 de maio de 2019

Em Piancó, Prefeito disponibiliza Folha de Pessoal, mas se encontra impedido de marcar data para pagamento diante de greve de motoristas de Carros-forte

Reprodução/Imagem ilustrativa de Internet
O presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), desembargador Wolney de Macedo Cordeiro, determinou o retorno imediato ao trabalho de 50% dos vigilantes em transporte de valores que estão em greve. Caso a decisão não seja cumprida, o sindicato dos trabalhadores terá que pagar uma multa diária de R$ 10 mil. A greve começou na última segunda-feira (29).

Prefeituras, a exemplo de Piancó, que já disponiblizou a Folha de Pagamento de seus servidores, e que poderia pagar ainda essa semana, está prejudicada com a situação que se encontra os condutores de veículos de transportes de valores. "Com a greve, o dinheiro não chega aos bancos e, assim sendo, não tem dinheiro para pagar os servidores", disse um prefeito do Vale.

De acordo com informações do sindicato dos Empregados em Empresas de Segurança de Transportadoras de Valores, além dos protestos os vigilantes iniciaram uma greve que acontece por tempo indeterminado.

A categoria pede o aumento de 5% no salário, além de reajuste também no vale-alimentação.

Em Piancó, o prefeito Daniel Galdino (PSD), busca encontrar soluções para que o funcionário público municipal não venha a ser prejudicado com a greve, por demais justa, e tranquiliza os servidores no sentido de que a Prefeitura de Piancó buscará uma solução e pagará todos os seus funcionários, efetivos, contratados e prestadores de serviços, ainda no início desse mês de maio.

oblogdepianco.com.br
Todo o conteúdo do Portal T5 está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. É proibida a cópia/reprodução deste material em qualquer meio de comunicação sem a devida autorização. Se deseja compartilhar, utilize os meios fornecidos no Portal T5.
Todo o conteúdo do Portal T5 está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. É proibida a cópia/reprodução deste material em qualquer meio de comunicação sem a devida autorização. Se deseja compartilhar, utilize os meios fornecidos no Portal T5.
Todo o conteúdo do Portal T5 está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. É proibida a cópia/reprodução deste material em qualquer meio de comunicação sem a devida autorização. Se deseja compartilhar, utilize os meios fornecidos no Portal T5.