sexta-feira, 24 de maio de 2019

Em Piancó, Início de Sessão na Câmara nessa quinta-feira (23/05) começou tumultuada; entenda

A sessão na Câmara de vereadores de Piancó, nessa quinta-feira (23/05) teve seu início com a leitura de um versículo bíblico, como manda o Regimento Interno. Logo após, o presidente da Casa, vereador José Luiz (PSD) deu início aos trabalhos e em determinado momento, um parlamentar da Oposição (Pedro Aureliano/PT do B) começou a desferir palavras "fortes" contra um vereador da base da Situação. Vendo o estado de ânimo exaltado do vereador, vários companheiros de bancada tentaram amenizar a situação. O presidente encerrou a Sessão por 05 (cinco) minutos, até que tudo fosse resolvido, e em seguida deu prosseguimento a Ordem do Dia, da 47ª Sessão Ordinária do 1º Período Legislativo do 3º Ano da Legislatura referente a 2017/2020. Até aí tudo bem, pois a partir desse momento, a Sessão passou a se seguir tranquilamente mas, um vídeo sobre a discussão (que alguns consideram falta de decoro parlamentar) já se encontrava circulando em todas as redes sociais, pasmem, em todo o País. 

Não é a primeira vez que a Casa de Padre Manuel Otaviano é noticia, negativa, na mídia nacional. E apesar do esforço dos membros da nova Mesa para não enodoar a Casa Maior, o assunto já tinha viralizado. Em consideração aos parlamentares, a nossa Redação optou por não fazer a postagem do vídeo (ou vídeos) da Sessão dessa quinta-feira, em respeito a dignidade de todos os presentes. 

Como integrante do Poder Legislativo municipal, o vereador tem como função primordial representar os interesses da população perante o poder público. 

O presidente da Câmara, José Luiz, classificou a situação envolvendo seus colegas de parlamento, de “episódio lamentável”. Em uma fala fora dos microfones, o presidente disse que aquela Casa, nesse mandato, nunca passou por uma situação vexatória, a exemplo da que ocorreu nessa quinta-feira. Neguinho (como e conhecido o presidente), disse que  em nome da presidência, atua pensando em preservar o cargo a que responde por ele. “Quero chegar ao final desse mandato - apesar de estarmos no inicio -,  zelando por fazer a coisa certa”.