quarta-feira, 15 de maio de 2019

Em Piancó, aprovados em Processo Seletivo se revoltam com atitude de vereador

Reprodução
Centenas de cidadãos aprovados em Processo Seletivo realizado pela Prefeitura de Piancó, estão revoltados com a atitude do vereador Cicero Fábio (DEM), que questionou a lisura do certame e disse que acionaria o Ministério Público para averiguar a lisura do "concurso". O Processo Seletivo Simplificado para Contrato Administrativo por Tempo Determinado, Edital nº. 00002/2018, foi realizado em conformidade com as normas da Lei. O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO, cujo objeto é a seleção de interessados em contratar com a administração pública para prestação de serviços por tempo determinado, nos termos do Art. 37, inciso IX da Constituição Federal, e da Lei Complementar Municipal nº. 12/2002 (institui o regime jurídico único para servidores), e lei 1123/2013, cujos cargos e vagas se encontram distribuídas no anexo I, do Edital.

A fala do parlamentar com relação ao assunto, deixou centenas de pais e mães de famílias preocupadas com o seu futuro, já que o trabalho que eles vem desenvolvendo, logo após a contratação pela Prefeitura de Piancó, amenizou a situação de milhares de cidadãos que se encontram desempregados. O parlamentar Cícero, se precipita quando, na tentativa de atingir o prefeito Daniel Galdino (PSD), coloca em risco o futuro de muitas famílias que hoje estão sobrevivendo, graças a esse trabalho, adquirido através do Processo Seletivo.

O Processo Seletivo Simplificado visa à contratação por tempo determinado de 290 (duzentos e noventa) Profissionais: Cozinheiro, Guarda de Patrimônio, Auxiliar de Higienização, Auxiliar de Rouparia, Agente de Limpeza Pública, Jardineiro, Copeiro, Merendeira, Auxiliar de Serviços Gerais, para prestarem serviços, em regime de contrato administrativo por tempo determinado. 

Com renda fixa e estabilidade, quem não tem emprego na gestão municipal, trabalha no comércio ou tem como principal fonte de renda o Bolsa Família ou o Bolsa Safra (Garantia Safra), concedido aos agricultores que não conseguem fazer sua plantação, de feijão ou milho, vingar. O comércio é pequeno, formado por padarias, botecos, pequenas lojas de roupas e mercados.

"Mexer em quem está trabalhando honestamente, não é ação de um vereador. Tirar o emprego de quem está tralhando pra sustentar sua família não é papel de um homem que se diz representar a população e que faz parte da igreja", disse uma funcionária.

A Sessão dessa quinta-feira (16/05) na Câmara de Piancó, deverá está representada por centenas de pessoas, para manifestar seu descontentamento com a atitude do vereador Cícero de Zé Rico.

oblogdepianco.com.br