terça-feira, 30 de abril de 2019

Virgulino dispara: “Talvez sejam os últimos dias dele solto”

Procurado pelo RádioBlog no início da noite desta segunda-feira (29) para explicar a troca de ataques com o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), o delegado e deputado estadual Wallber Virgolino (Patriota), apesar de ter dito receber com perplexidade as acusações do ex-governador, manteve o tom duro e, referindo-se aos desdobramentos da Operação Calvário, classificou Ricardo Coutinho como “chefe de quadrilha”. “Tenho certeza que ele é o chefe da quadrilha, nada se faz nesse estado sem autorização dele”, disse o deputado. “Talvez sejam os últimos dias dele solto”, disparou.

Para Wallber Virgolino, os ataques de Ricardo Coutinho demonstram desequilíbrio, desespero do ex-governador. “É tudo desespero, pois está caminhando para o desfecho da Operação Calvário”, afirmou. “Não poderá debater comigo, pois vai estar preso. Presidiários não participam de debate”, alfinetou o parlamentar.

Wallber Virgolino lembrou ainda que é um excelente pai de família, tem pai e mãe honrados e orgulhosos. “Tenho família, sou um funcionário público probo, com respeito da sociedade. Já ele, tem fama de orgias sexuais entre homens e mulheres, de consumir drogas, então o desqualificado é ele”, disparou.

O deputado estadual denunciou ainda tentativa de Ricardo Coutinho em superfaturar alimentação no sistema penitenciário. “Ele queria superfaturar a alimentação do sistema carcerário da Paraíba, de R$ 25 milhões para R$ 40 milhoes, e eu não deixei”, afirmou. “Eu sou polícia e ele é bandido. O calvário dele está só começando”, ironizou o deputado.


Fonte e responsabilidade da matéria: Paraíba Rádio Blog