terça-feira, 16 de abril de 2019

Vinte e quatro fugitivos do PB1 ainda estão foragidos



Vinte e quatro dos 92 presos que fugiram da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes (PB1), em João Pessoa, seguem foragidos. O balanço foi divulgado pela Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba nessa segunda-feira (15).

Conforme o balanço, 68 apenados já foram recapturados, com destaque para Jobson Barbosa da Silva, de 25 anos, condenado a 24 anos de prisão pelo assassinato da vendedora Vivianny Crisley, que aconteceu em outubro 2016. Jobson foi recapturado na sexta-feira (12) em Santa Rita.

Entenda o caso
No dia 10 de setembro, ao menos 20 homens fortemente armados invadiram a penitenciária e explodiram o portão principal, ocasionando a maior fuga em massa já registrada na Paraíba.

A intenção dos bandidos era resgatar quatro detentos, que são suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubo a bancos e carros-fortes. Um deles não conseguiu fugir. Em contrapartida, muitos outros apenados foram beneficiados pela ação e escaparam do cárcere.

A identificação de todos os 24 foragidos não foi divulgada pela Administração Penitenciária, mas quem quiser colaborar com a polícia na busca por qualquer pessoa procurada, pode acessar o site Procurados PB.