quinta-feira, 4 de abril de 2019

Paraíba terá dois novos presídios até final de 2020 com 748 vagas

Até o final de 2020 a Paraíba terá duas novas unidades prisionais, de acordo com o Secretária de Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca. Ao Portal MaisPB, ele informou nesta quarta-feira (03) que os presídios terão 748 vagas e serão construídos no município de Gurinhém.

O investimento previsto, segundo Fonseca, é de R$ 37 milhões. As unidades serão de segurança máxima e devem abrigar os detentos de maior periculosidade do estado. “Elas serão similares aos presídios federais”, informou.

De acordo com o secretário, a licitação está em fase final e próximas ao período de abertura de envelopes, quando será definido a empresa que irá coordenar a obra.

O secretário também informou ao Portal MaisPB que serão construídos novos pavilhões nas unidades prisionais do Roger, em João Pessoa e no Complexo Penitenciário Serrotão, em Campina Grande.

A construção é uma das medidas para reduzir a superlotação nos presídios paraibanos. Segundo a SEAP, a Paraíba tem 12.808 presos para sete mil vagas. Além da construção, o uso de tornozeleiras eletrônicas tem sido uma alternativa para driblar o sobrecarregamento nas unidades.

Atualmente, 400 detentos utilizam o dispositivo na Paraíba, mas até dois mil apenados podem ser monitorados dessa forma.

MaisPB