quinta-feira, 25 de abril de 2019

No Vale do Piancó, Acusado da morte do ex-guarda do BB de Conceição é absolvido em júri popular; MP pediu absolvição

O promotor de Justiça Lean Matheus de Xerez pediu absolvição do réu Jó Gonzaga de Sousa, durante júri popular, realizado na quarta-feira (24), na cidade de Conceição. O réu estava sendo acusado da morte de Edmilson Ferreira Rodrigues, crime ocorrido, por volta da 20h, do dia 20 de novembro de 2016, na Cidade de Santana de Mangueira.

O entendimento do promotor veio na réplica, depois do embate com a defesa do réu. Segundo o entendimento do promotor, não existiam provas suficientes para a condenação do réu.

Diante do que foi exposto pelas partes, o Conselho de Sentença entendeu que o acusado não cometeu o crime a ele imputado, acolhendo a tese defensiva de negativa de autoria e decidiu pela absolvição do réu, por maioria soberana dos votos.

À vista da decisão absolutória, que afasta um dos fundamentos e faz desaparecer os motivos para a Custódia Cautelar, com base no art. 316 do Código de Processo Penal, o juiz Antonio Eugênio revogou o decreto de prisão preventiva presente nos presentes autos, referente ao processo em tela.

Vale do Piancó Notícias