sábado, 16 de março de 2019

Moradores de Santana e Nova Olinda pedem mais agilidade nas obras da BR-426

Há mais de 15 (quinze) anos as populações de Santana dos Garrotes e Nova Olinda, no Vale do Piancó, vem reivindicando a pavimentação asfáltica da BR-426 que liga as duas cidades. Várias promessas - sempre em período eleitoral -, já foram feitas e a obra não sai. Os  Extratos das obras de implantação e pavimentação da BR-426,  foram publicados na edição 240 do Diário Oficial da União  em 2018. O remanescente das obras de implantação e pavimentação da BR-426 é uma reivindicação antiga da população local.

A execução da obra, segundo o DNIT, está contratada no valor de R$ 7.855.210,70 e a supervisão, no valor de R$ 1,2 milhão, totalizando quase R$ 9,2 milhões. A previsão de conclusão é de um ano a partir da Ordem de Serviço.

Está prevista a implantação de 7,4 quilômetros de pista simples com duas faixas de 3,50 m e acostamento de 2 m, além de um revestimento em Tratamento Superficial Duplo e dispositivos de drenagem e sinalização necessários.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), serão beneficiados cerca de 50 mil habitantes de forma direta nas cidades de Piancó, Santana dos Garrotes e Nova Olinda. Indiretamente devem ser beneficiados cerca de 90 mil habitantes da região do Vale do Piancó.

As populações de Santana dos Garrotes e Nova Olinda, ainda tem esperança de ver essa obra concluída para melhorar a situação de tráfego entre as duas cidades que, sofre quando das chuvas e a BR-426 fica intransitável.

oblogdepianco.com.br