quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Sem esperança e com muito medo, alunos vão estudar no 'Santo Antonio' pra não perder o ano letivo de 2019

(Jordan Bezerra)
A Paraíba inteira sabe o que se passa com a estrutura física da Escola Estadual 'Santo Antonio' na cidade de Piancó. Há mais de três anos que diretores, professores, alunos, pais e mães de alunos, e funcionários em geral, alertam para o perigo no imóvel onde se localiza essa escola. Uma parte do teto já desabou (onde fica a diretoria e sala dos professores), sem falar que anos antes o teto do Auditório também foi alvo de um desabamento. Infelizmente não se encontra uma resposta por parte dos governadores que já passaram pelo Palácio da Redenção nesses últimos 10 (dez) anos. O atual governador, João Azevedo, se mostra totalmente alheio a situação da 'Escola Santo Antonio'. 

Mesmo com toda essa estrutura abalada, os jovens, os professores, os funcionários, estão frequentando o imóvel e sempre que começa a chover, a direção libera a todos, para ir pra casa, a fim de se evitar uma possível e premeditada tragédia naquele educandário.

O imóvel ali existente, segundo pessoas mais idosas, vem da década de 1950, ou talvez antes.

A Suplan-PB desenvolve ações em todo o Estado, construindo obras e fazendo reparos em escolas que estão em situação semelhante ao 'Santo Antonio'. 

Veja o que diz o Site oficial do Governo do Estado:

Dando seguimento aos investimentos em toda a Paraíba, o Governo do Estado, através da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento (Suplan), segue o trabalho com o andamento das obras das Escolas Técnicas de Sousa e Guarabira. R$ 31 milhões estão sendo investidos nas unidades escolares, que passarão a atender 480 alunos por dia. O projeto segue o padrão das demais escolas técnicas construídas no Estado, respeitando questões ambientais, com destaque no conforto térmico, acústico e visual.

“O Governo segue o trabalho dado continuidade às obras e estamos concluindo mais duas escolas técnicas estaduais. O povo de Sousa e Guarabira terá a educação dos jovens otimizada, com duas super estruturas que utilizará iluminação natural, minimizando a necessidade do uso permanente de iluminação artificial. Cada escola também terá aproveitamento de água de chuva, trazendo várias vantagens, tais como a redução do consumo de água da rede pública. A pintura será inspirada no cubismo, como as demais escolas construídas pela Suplan, que se caracteriza pelas formas geométricas e a incorporação de core vivas", disse Simone Guimarães, diretora-superintendente da Suplan.

Só que a cidade de Piancó, que já tem uma escola desmoronando [Escola Estadual 'Beatriz Loureiro Lopes'] não tem a atenção que lhe é devida pelo governador. Conforme informa os estudantes, "as pessoas que representam o governador aqui em Piancó, que são políticos, não tem preocupação com esse fato porque elas estão preocupadas apenas com o emprego das suas famílias e dos seus amigos e nós vamos ter em breve uma notícia triste aqui em nossa cidade", disse um aluno que não quis ter seu nome divulgado com medo de perseguições, já que tem um pai trabalhando no Estado.

Conforme ainda o Site Governamental, outras 10 escolas com esse padrão já foram construídas na Paraíba, distribuídas estrategicamente em cada região, atendendo municípios vizinhos e pequenos distritos acerca de cada cidade contemplada - Bayeux, João Pessoa, Mamanguape, Cajazeiras, Cuité, São Bento, Campina Grande, Itaporanga, Patos e Serra Branca. As escolas de Sousa e Guarabira fecham um ciclo de 12 escolas estaduais construídas pelo ex-governador Ricardo Coutinho e pelo governador João Azevedo, que segue o trabalho, e estará entregando as unidades restantes no próximo mês.

Padre Ronaldo esteve à frente do ato público em defesa da Escola Santo Antônio e o classificou como positivo. Ele disse que espera o comprometimento das autoridades estaduais no que tange à reforma do Colégio.

Até o Ministério Público em Piancó, já tomou providências sobre o assunto, só que o Estado não age de maneira rápida para salvar a escola e os alunos.

Será que estamos prevendo uma tragédia na cidade de Piancó, semelhante a muitas que ocorrem pelo País afora, simplesmente pelo fato de não se prevenir, para evitar que o pior aconteça?


oblogdepianco.com.br