quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Presidente da PBPrev e diretor da PBGás receceberam quase R$ 1 mi da Cruz Vermelha

O atual presidente da PBPREV, Yuri Simpson Lobato e o Diretor jurídico da PBGÁS, Thiago Paes Dantas Fonseca, sócios no escritório Lobato, Souza e Fonseca Advogados Associados (CNPJ 13.392.841/0001-33), com sede no modesto empresarial Villarim, bairro da Torre, tem muito o que comemorar com a contratação da Cruz Vermelha para administrar o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Desde a assinatura do contrato com a Cruz Vermelha, até a data de hoje, os atuais gestores estaduais já embolsaram exatos R$820.257,80 (oitocentos e vinte mil reais, duzentos e cinqüenta reais e oitenta centavos), segundo o portal da Transparência do Estado da Paraíba (http://transparencia.pb.gov.br/dados-especificos/administracao-hospitalar).

Além dos elevados valores recebidos pela Cruz Vermelha, o escritório comandado pelos gestores da PBPrev e da PBGas ainda recebeu R$ 65.388,51 da ABBC – Associação Brasileira de Beneficência Comunitária, responsável pela administração das UPA´S e Hospitais no interior do Estado.

Coincidências à parte, Yuri Simpson Lobato, atual presidente da PBPrev, tem como esposa a jovem Ana Carolina Vieira Coutinho, sobrinha do ex-governador do estado Ricardo Coutinho. Por sua vez, Thiago Paes é o advogado eleitoral do PSB.

Fonte: Paraiba Radio Blog