sábado, 23 de fevereiro de 2019

Em Piancó, Perseguições perigosas testam capacidade das polícias Civil e Militar

Durante essa semana as polícias Civil e Militar estiveram envolvidas em ações na busca de possíveis elementos perigosos que estavam a guiar motocicletas pelas ruas da cidade e não atenderam a voz de comando da polícia, para parar e ser averiguado se havia algo suspeito.  As polícias trabalham com informações e foi dessa forma que se empreendeu busca a motociclistas que, não atenderam a polícia e saíram em disparada pelas principais ruas da cidade, colocando suas vidas e dos  transeuntes, em perigo. Em um primeiro caso, a Civil e a PM conseguiram abordar os condutores de duas motocicletas, sendo que foram apresentados a Delegacia de Piancó e em seguida encaminhados a Delegacia de Itaporanga. Foi constatado apenas irregularidades quanto a habilitação e documentos das motocicletas. 

Já na tarde dessa sexta-feira (22/02) a Polícia Militar foi testada mais uma vez, quando de um motociclista que não atendeu a voz de comando da patrulha e empreendeu 'fuga', o que levantou suspeitas dos policiais. Se o motoqueiro não parou, automaticamente se imagina que há algo errado, ou com ele, ou com a motocicleta. Já era por volta das 16:45h quando na travessa que liga as ruas Pedro Ângelo com Elzir Matos, a PM conseguiu abordar o motoqueiro que, constatou-se, abarroou um veículo. 

Nos dois casos a PM agiu com pulso firme e mostrou que está atenta a tudo que acontece na cidade e mostrou o seu preparo para ações perigosas, que envolvem buscas automobilísticas.  

Os dois casos estão sendo apurados pela Polícia Local, através dos delegados de plantões de Piancó e Itaporanga e a população pode ficar tranquila que a segurança pública em Piancó está agindo e quem for bandido que se cuide, pois a ação é rápida e o comando é pra prender e manter a ordem.

oblogdepianco.com.br