quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Nadi enaltece trabalho de Bonifácio e afirma que executivo e legislativo trabalharão juntos por Patos

O ano de 2018 foi marcado negativamente para Patos com o afastamento do prefeito Dinaldinho, acusado pelo MPF de envolvimento em desvio de recursos públicos. O fato gerou uma verdadeira insegurança nos rumos do município, especialmente quando auditorias constataram e apresentaram um rombo nas contas públicas, algo em torno de R$ 50 milhões, invializando investimentos em muitos serviços à população, em pagamento de fornecedores.

A vereadora e ex-presidente da Caasa Juvenal Lúcio de Sousa, Nadi Gerlane, disse estar bastante esperançosa de que Patos voltará a se organizar, a investir na qualidade da saúde, educação, serviços, a equilibrar suas contas. Para ela, Bonifácio Rocha, prefeito interino, representa essa esperança para o município.

“Além do apoio popular muito forte, possui grande vontade de acertar, fazer as coisas dentro do que manda a legislação. A gente fica muito feliz. Todos nós acompanhamos as dificuldades que Patos vem enfrentando, o desastre que foi a gestão passada. Então, essa perseverança, essa força, compromisso de Bonifácio é muito importante”, comnetou Nadi.

Ela diz que tem a certeza que o Legislativo dará as mãos ao prefeito interino para que a cidade desenvolva como merece. Para 2019 diz que o principal objetivo dos vereadores é trazer para a Casa Juvenal Lúcio de Sousa as necessidades da sociedade e principalmente apoiar as iniciativas do Executivo, para que realize as ações que engrandecem o município.

“O Legislativo não pode usar do mandato para diminuir o poder que tem o Executivo. Os dois têm que trabalhar juntos baseados nos problemas que o povo vive e de fato contribuir para que Patos desenvolva”, comentou a vereadora, acrescentando que a Câmara não tem poder de executar, mas como legisladora apontar as falhas, contribuir e também mostrar à gestão onde ela pode avançar.

Marcos Eugênio (pbnoticias.com)
oblogdepianco.com.br