sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Clodoaldo Brasilino: PIANCÓ 270 ANOS -ANOS 1890

por Clodoaldo Brasilino Filho*

EM 19 DE JANEIRO DE 1882,A CÂMARA MUNICIPAL DE PIANCÓ, CUMPRIMENTA O JUIZ DE DIREITO JOÃO ANTUNES, PELA SUA REMOÇÃO PARA COMARCA DE MAIOR IDADE DO RIO GRANDE DO NORTE, EXALTANDO SUA CONDUTA COMO MAGISTRADO DO MUNICÍPIO DE PIANCÓ. O DOCUMENTO VEM ASSINADO POR:
JOÃO LOPES FERREIRA
MANUEL DE DEUS FERREIRA
MARCOLINO JOSE ESTEVÃO
JOÃO SOARES BRASILEIRO
SALVIANO PEREIRA DA CRUZ
ANTONIO MOREIRA DE OLIVEIRA
VEREADORES

EM 23 DE MAIO DE 1882, É NOMEADO PELA CORTE IMPERIAL TEN. CEL. ABÍLIO RODRIGUES DOS SANTOS, COMANDANTE DO 29 BATALHÃO DE INFANTARIA DA GUARDA NACIONAL DO TERMO E MUNICÍPIO DE PIANCÓ.

EM 01 DE AGOSTO DE 1882,ASSUME A PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE INTENDÊNCIA DA VILA DE PIANCÓ, CORONEL TIBURTINO LEITE FERREIRA, E OS CONSELHEIROS JOSÉ LOPES DA SILVA, FRANCISCO AIRES ALBANO COSTA, MANOEL LEITE FERREIRA SAMPAIO E MARCOLINO FERREIRA LIMA.

EM 16 DE FEVEREIRO DE 1883, ASSUME A FUNÇÃO DE VIGÁRIO DA VILA DE PIANCÓ, PADRE MANOEL MARIANO DE ALBUQUERQUE, TENDO FALECIDO COMO VIGÁRIO DE PIANCÓ ATÉ SUA MORTE, SENDO SEPULTADO NO CEMITÉRIO LOCAL.

EM 07 DE JUNHO DE 1883, NASCEU ELIZEU DINIZ, QUE EM 16 DE NOVEMBRO DE 1911, ASSUMIU A FUNÇÃO DE VIGÁRIO DA PAROQUIA DE SANTO ANTONIO, NA VILA DE PIANCÓ.FALECEU EM 01 DE MAIO DE 1948.

EM 06 DE MAIO DE 1883, A IGREJA CATÓLICA DE PIANCÓ, ATRAVÉS DO SEU VIGÁRIO PADRE MANOEL MARIANO DE DE ALBUQUERQUE, CONVOCA OS CIDADÃOS DA SOCIEDADE PIANCOENSE, À PARTICIPAREM DAS FESTIVIDADES E TREZENA DE SANTO ANTONIO, PARA O ANO DE 1883. 

PRIMEIRA NOITE-DR. FELIX DALTRO E ANTONIO PEREIRA PINTO
SEGUNDA NOITE-FELIX DE SOUSA E HILÁRIO ANTONIO
TERCEIRA NOITE-CAPITÃO JOÃO GALDINO DA COSTA E JOAQUIM DAVINO
QUARTA NOITE-CONSTANTINO RODRIGUES E LUIZ DE CALDAS MOREIRA
QUINTA NOITE-MIGUEL DOS ANJOS E ANTONIO BARROS
SEXTA NOITE-FIRMINO ALMEIDA E ANTONIO LEITE FERREIRA
SÉTIMA NOITE-SALVIANO PEREIRA DA CRUZ E SEBASTIÃO PEREIRA DA CRUZ
OITAVA NOITE-HERCULANO MARINHO CESAR
NONA NOITE-MANOEL ANTONIO AZEVEDO E JOÃO FELIX DE AZEVEDO
DÉCIMA NOITE-JOÃO SOARES BRASILEIRO
DÉCIMA PRIMEIRA NOITE-INÁCIO JOSE DE SOUSA E SABINO JOSE DE SOUSA
DÉCIMA SEGUNDA NOITE-JOÃO LEITE LIMA E ANTONIO MARIANO DE SOUSA
DÉCIMA TERCEIRA NOITE-JOÃO LOPES DA SILVA

PIANCÓ 06 DE MAIO DE 1883
PADRE MANOEL MARIANO

EM 08 DE JULHO DE 1885, O DR. FRANCISCO DE PAULA E SILVA PRIMO, LIDERANÇA POLITICA DE PIANCÓ, É RECONHECIDO COMO DEPUTADO GERAL À CÔRTE IMPERIAL, REPRESENTANDO O QUINTO DISTRITO DA PROVÍNCIA DA PARAÍBA.

EM 14 DE NOVEMBRO DE 1886, TENDO SIDO REGULAMENTADA A LEI PROVINCIAL DE 28 DE SETEMBRO DO MESMO ANO E DECRETO 9.517 DE 14 DE NOVEMBRO DE 1885,FORAM LIBERTADOS 832 ESCRAVOS EM TODA PROVÍNCIA DA PARAÍBA,SENDO QUE A VILA DE PIANCÓ, COM UMA POPULAÇÃO DE 612 ESCRAVOS, LIBERTA DE IMEDIATO 31 ESCRAVOS.

EM 20 DE DEZEMBRO DE 1886,DR. FELIZARDO LEITE FERREIRA, CONCLUI O CURSO DE MEDICINA NA BAHIA, DEPOIS FIXANDO SERVIÇO MÉDICO NA CAPITAL DA PARAÍBA NO ANO DE 1887 E EM SEGUIDA NO MUNICÍPIO DE PIANCÓ, SUA TERRA NATAL, ONDE FOI PREFEITO, DEPUTADO ESTADUAL E DEPUTADO FEDERAL.

EM 28 DE JUNHO DE 1888, CASA-SE NA IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTONIO EM PIANCÓ, DR, FELIZARDO TOSCANO LEITE FERREIRA COM JOANA DE PAULA E SILVA, FILHA DO DEPUTADO FEDERAL POR PIANCÓ, FRANCISCO DE PAULA E SILVA PRIMO.
 
*Historiador/pesquisador
 
oblogdepianco.com.br