domingo, 21 de outubro de 2018

Paulo Maia repele ingerência política nas eleições da OAB-PB e diz que a independência da Ordem é inegociável

Paulo Maia, que é candidato a presidente da OAB-PB, cujas eleições acontecem no próximo dia 28 de novembro, afirmou que chegou a convidar o advogado Sheyner Asfora para compor sua chapa como vice-presidente da Seccional, e que divulgou essa composição publicamente.

No entanto, infelizmente, nos últimos dias Sheyner passou a ser representado, no processo de composição, pelo procurador geral do estado, Gilberto Carneiro, que, dizendo-se líder de um grupo ao qual Sheyner estava vinculado, condicionou a vinda deste à concessão de vários cargos para seu grupo. 

Mas, diante da exigência que retirava a presença da mulher Advogada do Conselho Federal e, ainda, reduzia a cota que vinha sendo observada para Campina Grande, “não nos restou outro caminho se não repelir a pretensão, que ainda vinha carregada de um viés político que agride a independência da Ordem, bem como uma composição baseada numa permuta por cargos, princípio que para nós é inegociável”.

oblogdepianco.com.br com Agência de Notícias