sábado, 27 de outubro de 2018

‘O Porto de Cabedelo tá aí, mas não faltou dinheiro para porto em Cuba’

Faltando 48h para a decisão sobre quem será o presidente do país o Arapuan Verdade entrevistou o candidato Jair Bolsonaro pelo telefone.

Nessa sexta (26) o candidato do PSL revelou que a saúde vai bem mesmo sem estar 100% recuperado: “Ele rodou a faca na minha barriga, é quase um milagre eu estar vivo”.

A ausência dos debates é rebatida pelo argumento de que o candidato Fernando Haddad é um “paspalhão, um fantoche, que se submete a estar semanalmente na cadeia”. Bolsonaro diz que Haddad é um mentiroso, bandido e foi o pior prefeito da história do Brasil: “Tem um monte de nordestino em São Paulo. Ligue para um parente que está em São Paulo, pergunte o que ele fez lá!”.

Sobre obras ele diz que não tem certeza se o estado teria dinheiro para dar seguimento ao projeto da Transnordestina e o parque eólico na Paraíba: “Tendo dinheiro a gente faz tudo. Quase todo orçamento está comprometido com despesas obrigatórias. Transnordestina e o parque eólico podem contar com a iniciativa privada, pois sabemos que o que entra no estado descamba em corrupção”.

Segundo ele, falta dinheiro para a realização de trabalhos no Brasil durante o governo do PT e citou o desassoreamento do porto de Cabedelo: “O problema com o porto de Cabedelo está aí, mas não faltou dinheiro para fazer um lindo porto em Cuba com nosso dinheiro”.

O presidenciável também tranquilizou o povo paraibano e garantiu que mesmo sem o apoio do governador Ricardo Coutinho não haverá retaliações ao estado.

Mesmo assim mandou um recado para o governador: “Ricardo Coutinho vai ajudar é o PT, por que ele é muito amigo do Zé Dirceu”, alfinetou Bolsonaro, que ainda afirmou que pessoas assim não teriam espaço no seu governo.

Fonte: Polêmica Paraíba