domingo, 21 de outubro de 2018

Bolsonaro quer fim da reeleição e menos parlamentares no Congresso

(Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, defendeu o fim da reeleição e a redução do número de parlamentares no Congresso Nacional, em entrevista à imprensa neste sábado (20), no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro. O candidato saiu de casa para participar da gravação do programa eleitoral.

“Da minha parte, vou conversar com o Parlamento com vistas a uma reforma. Acabar com o instituto da reeleição e reduzir de 15% a 20% a quantidade de parlamentares”, disse o militar, segundo informações da Agência Brasil.

Bolsonaro também defendeu a autonomia política do Banco Central (BC) e a manutenção do tripé macroeconômico no país, com câmbio flutuante e metas de inflação e fiscal.

O capitão do Exército aposentado tratou ainda de outros temas com os jornalistas. Confirmou que, se eleito, deve indicar o astronauta Marcos Pontes, tenente-coronel da reserva, para ser ministro da Ciência e Tecnologia.

Sobre a indústria, afirmou que é necessário incentivar e estimular o setor. Para Bolsonaro, o país passa por um processo de desindustrialização. “Não podemos continuar exportando minério de ferro e importando uma canoa de aço de volta”, afirmou.

A política externa de um eventual governo Bolsonaro deverá buscar mais acordos bilaterais. “Vamos partir para o bilateralismo onde for possível. Conversei com o [Mauricio] Macri [presidente da Argentina], ontem com o do Paraguai [Mario Abdo Benítez], encontrei senadores do Chile. Vamos buscar fazer acordos com os países da América do Sul sem o viés ideológico”, disse.

Com informações da Agência Brasil