segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Piancó dá início a II Caminhada pela Vida; Setembro Amarelo

Em busca de conscientizar e alertar a sociedade piancoense sobre a importância de se falar sobre o suicídio, a Prefeitura de Piancó, por meio da Secretaria de Saúde, realizou na manhã do último sábado, dia 1º, a II Caminhada pela Vida. 

O evento teve grande participação da população e fez parte da abertura da Semana da Pátria de Piancó e também das ações do Setembro Amarelo - Mês de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio. “Nos últimos anos a Organização Mundial de Saúde (OMS), tem realizado várias ações de conscientização e prevenção ao suicídio por conta do grande indicie de pessoas que sofrem de depressão, ansiedade ou algum problema psíquico ou físico. E nós da secretaria de saúde decidimos realizar essa caminhada para alertar a população a respeito desse grande mal que está atingindo a nossa sociedade “, relatou Marcia Leite, coordenadora do Setembro Amarelo.

O que é o Setembro Amarelo
Setembro Amarelo é o mês (de 1 a 30 de setembro) dedicado à prevenção do suicídio. Trata-se de uma campanha, que teve início no Brasil em 2015, e que visa conscientizar as pessoas sobre o suicídio, bem como evitar o seu acontecimento.

É nesse mês que no dia 10 se comemora o dia mundial de prevenção do suicídio.

Ao mesmo tempo em que há muita discussão sobre o tema e que são organizadas caminhadas, durante esse mês alguns locais são decorados com a cor amarela. Assim, já foram iluminados de amarelo o Cristo Redentor, o Congresso Nacional , a Catedral e o Paço Municipal de Fortaleza, entre outros.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, o que significa que o suicídio mata mais brasileiros do que doenças como a AIDS e o câncer.

O assunto é envolto em tabus, por isso, a organização da campanha acredita que falar sobre o mesmo é uma forma de entender quem passa por situações que levem a ideias suicidas, podendo ser ajudadas a partir do momento em que as mesmas são identificadas.

As situações que levam a esse fim podem surgir de quadros de depressão, bem como do consumo de drogas.

É por isso que “Falar é a melhor solução” é o slogan da campanha, cujos envolvidos na sua organização acreditam que conscientizando as pessoas podem prevenir 9 em cada 10 situações de atos suicidas.

oblogdepianco.com.br com Assessoria