sexta-feira, 3 de agosto de 2018

PV confirma aliança com Rede e Eduardo Jorge será vice de Marina Silva

O presidente nacional do PV, José Luiz Penna, confirmou que o partido fechou nesta quinta-feira, 2, uma aliança com a Rede e que o ex-deputado Eduardo Jorge será candidato a vice na chapa de Marina Silva à Presidência da República nas eleições 2018.

“O PV entendeu que essa aliança fortalece as composições nos estados”, disse Penna. Segundo o dirigente, o anúncio oficial da aliança será feito nesta sexta-feira, 3.

Por meio de sua conta no Twitter, a ex-ministra também confirmou o acordo e agradeceu a Jorge e ao PV.

Dirigentes da Rede e do PV se reuniram na manhã desta quinta-feira, 2, em São Paulo para selar o acordo. Após o convite a Eduardo Jorge, o PV passou a discutir internamente o apoio, mas havia resistências locais. Penna disse ainda que os dois partidos têm uma forte “proximidade programática”. Em 2010, Marina Silva disputou a Presidência pelo PV.

Para não ficar isolada, Marina Silva apostava suas fichas no PV e queria anunciar o vice na convenção nacional, no sábado, 4. Apesar de uma ala do partido defender o apoio à pré-candidata da Rede, um grupo da sigla ainda resistia à aliança em função dos acordos nos estados. Há coligações regionais em que o PV está fechado com PSDB ou com o PDT, que têm presidenciáveis. As divergências foram superadas nesta quinta-feira.

Quem é Eduardo Jorge
Eduardo Jorge Martins Alves Sobrinho é um médico sanitarista, de 68 anos, formado em medicina pela Universidade Federal da Paraíba e filiado ao PV desde 2003. Assim como Marina Silva, filiada ao PT de 1986 a 2009, Jorge foi deputado estadual e federal pelo partido, ao qual esteve filiado de 1980 a 2003.

Ao longo de sua trajetória política, foi duas vezes secretário municipal de Saúde de São Paulo, nos governos de Luiza Erundina, entre 1989 e 1990, e Marta Suplicy, de 2001 a 2002. Nas gestões de José Serra e Gilberto Kassab, foi secretário do Meio Ambiente.

Coautor da legislação constitucional sobre Seguridade Social, Eduardo Jorge foi candidato a presidente da República na eleição presidencial em 2014. Ele ficou na 6ª colocação da disputa, com 0,61% dos votos (630.099 votos). 

Veja

oblogdepianco.com.br