quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Como anda a situação da Escola Estadual 'Santo Antonio' em Piancó

(Crédito: Antonio Cabral)
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, investiu ou deveria investir, na recuperação de mais de 450 escolas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Cuité, Mamanguape, Itabaiana e Monteiro.

Na cidade de Piancó, no Vale do Piancó, as escolas estadual "Santo Antonio" e o imóvel onde funcionava a escola estadual "Beatriz Loureiro Lopes", estão em ruínas e não está dentro do cronograma de recuperação do Governo do Estado. "O imóvel vai desmoronar muito em breve", disse um estudante.

Segundo informações, existia uma ordem de serviço para a recuperação da Escola Estadual "Santo Antonio", que desabou boa parte da sua estrutura física, pela falta de conservação. O imóvel onde funcionou a escola "Beatriz Loureiro Lopes", está abandonado pelo Estado, e serve de ponto de consumo de drogas e prostituição.

As ações do Governo da Pb, deveriam fazer parte da gestão pactuada com as Organizações Sociais (OS), que atuam desde agosto de 2016. Agora em Piancó os alunos não são ouvidos e o governo do estado, com certeza, não fará essa reconstrução ainda esse ano.

Entre as melhorias que poderiam ser realizadas nas escolas da Rede Estadual de Ensino, estão consertos da rede elétrica e hidráulica, pintura interna e externa, e recomposição do mobiliário.

A agilidade na resolução dos problemas enfrentados pelas escolas é uma das principais vantagens da atuação das Organizações Sociais. "Antes, problemas de infraestrutura, a exemplo de um simples vazamento, levavam muito tempo para serem solucionados. Hoje, a solução ocorre de forma rápida, e o gestor da escola se preocupa apenas com a parte pedagógica, melhorando ainda mais a qualidade de ensino", afirmou. Mas a realidade é outra, totalmente diferente desse conceito governamental.

Os gestores escolares tentam entrar em contato com as Organizações Sociais, que têm prazos. As soluções seriam adotadas em até 15 dias. Já faz mais de 1 ano e nada foi realizado de concreto na E.E.E.M. Santo Antonio em Piancó, apesar do esforço da direção da escola, que em nada tem culpa pela demora nas soluções estruturais do imóvel.  A escola está localizada à Rua Nicolau Loureiro, no Centro da Cidade é um dos imóveis que já deveria ter sido tombado pelo pelo Iphan. Já houve épocas que a UEPB esteve visitando o imóvel para expandir um Campi usando esse espaço histórico.

Fonte: O Blog de Piancó