segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Correios devem deflagrar greve a partir da quarta-feira

O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos na Paraíba (Sintect-PB) informou que a categoria deverá entrar em greve a partir da quarta-feira (08), após assembleia que ocorrerá na terça-feira (07). O comunicado foi feito em nota, ainda na tarde de ontem, sábado (04).

A possível greve se relaciona com insatisfações quanto aos salários destinados aos servidores, a supostos desrespeitos a direitos dos funcionários e é contrária à privatização.

Segundo o texto do Sintect-PB, a categoria, em campanha salarial de sua data base no mês de agosto, negocia com a direção da ECT em Brasília desde o dia 12 de junho, tendo como principal reivindicação econômica 8% de reposição salarial e nos benefícios e aumento real de salário no valor de R$ 300 linear a toda a categoria. Conforme a nota, a contraproposta da ECT se limitou a 2,21% de reposição salarial, com retirada e rebaixamento de direitos já consolidados em acordo coletivo de trabalho.

A publicação do Sintect-PB diz que a greve seria a “única forma de garantir uma verdadeira negociação com a ECT e governo federal que, de fato, garanta um reajuste salarial digno e compatível com os lucros da empresa, como também impeçam a efetivação das propostas de privatização dos Correios com fechamento de agências, demissão de servidores concursados, contratações de mão de obra terceirizada e a entrega da empresa à iniciativa privada.

oblogdepianco.com.br com pbagora