domingo, 17 de junho de 2018

Órgãos ambientais iniciam campanha de combate à poluição sonora e a queima de fogueiras

A SUDEMA, Secretaria de Meio Ambiente (SEMADS) e Batalhão Ambiental realizaram na manhã da última sexta-feira (15/06) a abertura da campanha “minha cidade abraça o sossego”, cujo objetivo é coibir a prática de som abusivo, por meio dos chamados paredões e quanto à utilização de madeira de forma adequada.

O Soldado Edson Oliveira, que representa a SUDEMA, informa que “mais uma vez estamos realizando um trabalho de conscientização, nosso objetivo é de coibir os excessos e que toda a sociedade patoense possa desfrutar do são João, que é sem dúvida o melhor são João da Paraíba, mas que precisa conciliar a festividade com o meio ambiente ecologicamente equilibrado.

O Tenente Alvino, comandante da Companhia ambiental, informa que “este ano, com a criação da companhia, a sociedade tem mais um parceiro e que está disposto a atuar em qualquer ocorrência ambiental, e pode atender pelo 190, lembrando que o crime de poluição sonora prevê uma multa mínima de 5.000,00 reais, além da apreensão do equipamento sonoro”.

Felipe Silva, Técnico da SEMADS, informa que esta campanha serve para mostrar a atuação do órgão em patos e a interação, todos no mesmo sentido em prol do meio ambiente.

Com relação às fogueiras, a SUDEMA e SEMADS, orienta que se possível não façam fogueiras em virtude dos últimos anos de seca, "o que tem dificultado a regeneração da nossa vegetação, porém, caso faça, é possível solicitar a autorização ambiental", e ainda orienta alguns cuidados;

• Utilizar apenas lenha seca;

• Optar por uma fogueira coletiva, com a participação de outras famílias;

• Não fazer sobre o asfalto;

• Observar vizinhos com problemas respiratórios;

• Observar os riscos as crianças e também com os fogos;

• Não soltar balões.

oblogdepianco.com.br/patosonçline/Assessoria