sábado, 16 de junho de 2018

Intervenção da CBF acaba e Amadeu deve retornar à FPF

O auditor do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e interventor nomeado pelo conselho, Flávio Boson Gambogi, divulgou nesta sexta-feira (15) uma nota informando o fim dos trinta dias de intervenção decretada pela Confederação Brasileira de Futebol(CBF) junto à Federação Paraibana de Futebol (FPF).

A FPF voltará a ser comandada por Amadeu Rodrigues, presidente afastado pelo conselho de Ética da CBF devido à investigação de esquema de corrupção envolvendo jogos do Campeonato Paraibano de Futebol.

“Após intenso trabalho de um time de especialistas das mais diversas áreas, e que me foram disponibilizados pela cbf, encaminhei relatório circunstanciado em que exponho as minhas observações sobre a situação da fpf, registro os atos imediatos por mim editados e sugiro a adoção de outros num futuro próximo, visando ao restabelecimento da eficiência nos processos da entidade”, disse Gambogi em nota.

As irregularidades são investigas pela Polícia Civil e Ministério Público que deflagraram a operação Cartola. Áudios de conversas mostram a negociação para manipulação de resultados do Campeonato Paraibano entre os investigados.

Confira a nota de Flávio Boson Gambogi na íntegra:

“Encerro hoje os 30 dias de intervenção decretada pela confederação brasileira de futebol junto à federação paraibana de futebol.

Após intenso trabalho de um time de especialistas das mais diversas áreas, e que me foram disponibilizados pela cbf, encaminhei relatório circunstanciado em que exponho as minhas observações sobre a situação da fpf, registro os atos imediatos por mim editados e sugiro a adoção de outros num futuro próximo, visando ao restabelecimento da eficiência nos processos da entidade.

Neste momento, agradeço a acolhida que tive das autoridades e sociedade paraibana, e agradeço, sobretudo, a confiança que a cbf em mim depositou.

Permaneço à disposição para, se necessário, emprestar minha contribuição para que sejam superados os desafios que se apresentam ao resgate do futebol paraibano”.

oblogdepianco.com.br com informações do MaisPB