quarta-feira, 13 de junho de 2018

Em Piancó, Tovar diz que é preciso que o TCE e MP fiscalizem obras inacabadas do Estado

(Ex-Vereador Joca, Dep. Tovar e Jornalista A. Cabral)
O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), que esteve participando das festividades alusivas ao Padroeiro da cidade de Piancó, Santo Antonio, nestes dias 12 e 13, falou a imprensa que vai solicitar ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) e ao Ministério Público da Paraíba (MPPB), que fiscalizem obras inacabadas pelo Governo do Estado, a exemplo do Estádio ‘O Amigão’, em Campina Grande, e também na qualidade das intervenções, como estradas recuperadas recentemente e que já se encontram cheias de buracos.

O deputado esteve na cidade de Piancó, onde foi recepcionado pela ex-prefeita Flávia Serra Galdino (MDB) e pelo prefeito Daniel Galdino (PSD), onde participou das festividades em praça pública, no dia 12, e da Missa de Santo Antonio, na manhã dessa terça-feira (13), ao lado de lideranças local e estadual a exemplos do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal, João Azevedo Brasilino (Joca) e do pré-candidato a governador, senador José Maranhão (MDB).

“É preciso saber o que foi feito com o dinheiro público. O governador Ricardo Coutinho (PSB) fez a maior pirotecnia para anunciar as reformas dos Estádios ‘O Ronaldão’, em João Pessoa, e do ‘O Amigão’, em Campina Grande. Pelo menos em Campina, a obra está inacabada depois de serem gastos mais de R$ 30 milhões. Os paraibanos precisam saber para onde foi o dinheiro que seria destinado a essas obras”, destacou Tovar.

Tovar também destacou a estrada que liga a BR-101 ao município de Pedras de Fogo que foi recuperada pelo Governo do Estado e que já se encontra deteriorada. Outro exemplo é a Perimetral Sul, em João Pessoa, que foi anunciada há anos e até agora o Governo do Estado não concluiu.

De acordo com o deputado, mais um mistério que precisa ser resolvido é quanto ao Instituto de Polícia Científica (IPC). “Ao permutar um terreno entre os bairros de Mangabeira e Bancários, na Capital, o governador chegou a anunciar a construção de uma nova Central de Polícia e também um novo IPC. Os paraibanos também precisam saber o que aconteceu já que hoje a Grande João Pessoa sofre com as péssimas condições do Instituto que chegou até a ser interditado por duas vezes”, disse Tovar.

oblogdepianco.com.br com Assessoria de Imprensa