terça-feira, 1 de maio de 2018

Tovar lamenta falta de reajuste e ausência de diálogo do governador com os servidores da Paraíba

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) lamentou, nesta terça-feira (1º), Dia do Trabalhador, a falta de respeito, de diálogo e de valorização dos servidores públicos paraibanos. O parlamentar lembra que governador Ricardo Coutinho (PSB) há mais de três anos não concede reajuste e sequer garante o mínimo de condições estruturais de trabalho.

De acordo com dados do Sindifisco da Paraíba, o Governo do Estado não concedeu nenhum reajuste em 2011; em 2012 foi apenas 3%; em 2013 apenas 3%; em 2014 de 5% e em 2015 de apenas 1%. Já nos anos de 2016, 2017, 2018 o reajuste de 0%.

“O servidor estadual da Paraíba não tem nada a comemorar no dia de hoje. Com salários baixos e péssimas condições de trabalho, os funcionários públicos sentem na pele a forma de governar de Ricardo Coutinho. É preciso mais respeito por parte do Estado para garantir o mínimo de condições para que o servidor exerça bem suas funções. E nesse dia do trabalhador eu peço que o governador tenha sensibilidade para, pelo menos, dialogar com as categorias”, disse o deputado.

Tovar lembra ainda a difícil situação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros que, além do Dia do Trabalhador, também não têm o que comemorar nos 185 anos da Corporação. “Hoje os policiais da Paraíba têm o pior salário do Brasil. Nesses últimos sete anos o governador Ricardo Coutinho reajustou o salário em apenas 12%”, disse.

De acordo com o deputado, os policiais também enfrentam sérios problemas com a questão da saúde, além das ascensões funcionais que hoje não existem. “O Governo não garante o mínimo de saúde aos policiais e também descumpre a lei, promovendo quem ele quer. Muitas questões estão sendo tratadas na Justiça, mas o Governo não cumpre nenhuma delas, numa verdadeira demonstração de afronta o Judiciário”, destacou.

oblogdepianco.com.br com Assessoria de Imprensa