sexta-feira, 11 de maio de 2018

MPPB ajuíza ação de improbidade administrativa contra motoristas de ônibus escolares

(Foto: Krystine Carneiro/G1)
O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ajuizou uma ação de improbidade administrativa contra dois motoristas de ônibus escolares do município de Quixaba, no Sertão da Paraíba, por transporte irregular de passageiros. De acordo com o processo, os condutores foram autuados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante os anos de 2013 e 2017 transportando passageiros junto com estudantes nos veículos, gerando prejuízo ao serviço por desvio de finalidade.

A ação de improbidade administrativa contra os condutores tem como base o inquérito civil nº 040.2017.000039, que tramitou na Promotoria de Justiça de Patos, em investigação do caso. Em uma das situações apontadas no processo, a PRF constatou o transporte de nove passageiros não estudantes em um dos veículos autuados. Ainda de acordo com o MPPB, alguns estudantes chegaram a ser transportados em pé nos veículos, porque as pessoas que se beneficiaram das caronas embarcavam primeiro.

Segundo o MPPB, os motoristas deveriam priorizar a segurança e o menor tempo de percurso dos alunos. Além disso, não poderiam se beneficiar da utilização dos transportes escolares para conceder carona a pessoas.

O 4º promotor de Justiça de Patos, Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, explicou que a investigação mostrou que os alvos da ação tinham ciência que a prática é proibida e não tinham autorização do município para transportar os passageiros.

oblogdepianco.com.br com G1PB