quarta-feira, 2 de maio de 2018

Levantamento do MP mostra que mais de 50% dos presídios da PB estão superlotados

Um levantamento feito pelo Ministério Público revela que mais de 50% das penitenciárias da Paraíba estão superlotadas, o que engloba 40 dos 79 presídios do estado.

O que mais se destaca é o presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, mais conhecido como o Roger, em João Pessoa. Ele tem capacidade para 800 apenados, sendo 400 para o regime fechado e 400 para o provisório, mas está com 1731 presos a mais que a capacidade.

Em segundo lugar está o Silvio Porto, também na Capital, com um déficit de 742 vagas.

Em terceiro, a Penitenciária Raimundo Asfora, o Serrotão, em Campina Grande. O presídio foi construído para a capacidade para 300 apenados, e atualmente existem 1003, ou seja, 703 a mais do limite.

Os dados foram colhidos pelo Conselho Nacional do Ministério Público entre março de 2016 e fevereiro de 2017. O intuito é deixar os números mais transparentes e ampliar as discussões sobre a questão da carceragem na Paraíba e também no país.


oblogdepianco.com.br com com Informações da TV Cabo Branco