quinta-feira, 8 de março de 2018

Quatro pesquisadoras são homenageadas com a 1ª edição do Prêmio Mulher Inovadora

Quatro pesquisadoras foram contempladas, nesta quinta-feira (8), com a primeira edição do Prêmio Mulher Inovadora promovido pela Secretaria de Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI) de Campina Grande. A matemática Antonia Maria de Oliveira e as engenheiras Joseana Macêdo Fechine, Weruska Brasileiro Ferreira e Denise de Sena receberam a comenda em reconhecimento ao trabalho que desenvolvem e que interfere diretamente no dia a dia da população.

“Devemos sempre incentivar essa participação feminina nas mais diversas áreas e reconhecer o trabalho desenvolvido pelas mulheres. Para homenagear aquelas que se destacam em um meio formado por uma maioria de homens, entregamos no Dia Internacional da Mulher, o prêmio Mulher Inovadora”, disse o secretário da pasta Tovar Correia Lima.

O secretário iniciou a sua fala com uma frase da cientista Marie Curie, primeira mulher a ganhar um Prêmio Nobel: “A vida não é fácil para nenhum de nós. Temos que ter persistência e, acima de tudo, confiança em nós mesmos”. Ele comentou que realmente a vida não é fácil para ninguém, mas que se torna mais difícil quando se tem que superar, além dos obstáculos cotidianos, o preconceito ee o machismo. Destacou que assim como Marie Curie, as homenageadas eram mulheres pioneiras e inspiradoras.

Dados - Segundo o IBGE, 12,5% das mulheres possuem ensino superior no Brasil. De acordo com estudo publicado pela editora Elsevier, 49% dos pesquisadores brasileiros são mulheres e isso coloca o Brasil na liderança mundial em presença feminina na pesquisa. A proporção de mulheres que publicam artigos científicos – principal forma de avaliação na carreira acadêmica– cresceu 11% no Brasil nos últimos 20 anos. Agora elas publicam quase a mesma quantidade que os pesquisadores homens (49%).

Perfis - Antônia Maria de Oliveira é coordenadora do Núcleo de Tecnologia Municipal; professora de ensino fundamental e superior; graduada em Matemática pela FURN; pós-graduada em educação pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e pós-graduada em tecnologia em educação pela Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Weruska Brasileiro Ferreira possui graduação em Engenharia química pela Universidade Federal da Paraíba (1995), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Campina Grande (2008) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Campina Grande (2012). Atualmente é professora efetiva da Universidade Estadual da Paraíba do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental.

Denise de Sena é engenheira Civil pós-graduada em Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental, atualmente pertencente ao quadro efetivo da Prefeitura Municipal de Campina Grande. Foi Presidente do Conselho Municipal de Transportes Públicos de Campina Grande e Presidente da Comissão de Legislação Urbanística do Município. Já ocupou o cargo de Superintendente de Trânsito e Transportes Públicos de Passageiros – STTP.

Joseana Macêdo Fechine é graduada em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1991), mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1994) e doutora em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (2000). Atualmente, professora Associado do Curso de Ciência da Computação da Universidade Federal de Campina Grande, Coordenadora dos Laboratórios LIA (Laboratório de Inteligência Artificial) e BELADIA (Laboratório de Bio Energia, Arquiteturas Dedicadas e Inteligência Artificial) e membro do LAD (Laboratório de Arquiteturas Dedicadas). Experiência na área de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação.


oblogdepianco.com.br com Assessoria