terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Tovar destaca que em Campina se rouba 55% mais carro que em João Pessoa

(Imagem de arquivo)
O deputado estadual licenciado, Tovar Correia Lima (PSDB) destacou, nesta terça-feira (30) Dia da Não Violência, o aumento da criminalidade na Paraíba, com destaque para Campina Grande. “No dia em alusão a não violência, nos deparamos com a falta de segurança e a falta de liberdade de ir e vir. Estamos reféns do medo, presos em nossas casas, enquanto os bandidos circulam livremente e tocam o terror. A minha Campina, por exemplo, virou terra sem lei. A ousadia é tão grande que eles assaltam em qualquer lugar e qualquer hora do dia”, disse.

De acordo com Tovar, nos últimos três anos o número de roubo de carros aumentou 295% em Campina Grande, segundo a Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds). A Rainha da Borborema registrou neste período 146 roubos a mais que na capital João Pessoa, o que representa que o número de casos é 55% maior. “Não há trégua para a situação dos carros roubados na cidade. Mesmo diante de números alarmantes como esses, se o governador Ricardo Coutinho for questionado sobre o aumento da violência, diz que ‘não existe isso na Paraíba’”, destacou.

Tovar aproveitou para fazer um apelo ao Governo do Estado para investir mais na segurança pública. De acordo com ele, os paraibanos clamam por segurança, para ter a liberdade de volta, mas para isso é essencial investimentos no aumento de efetivo, em melhores condições de trabalho e remuneração adequada para os policiais.

“Essa é a dura realidade do nosso Estado. As pessoas perderam o direito de ir e vir e não podem ter bem algum, pois certamente serão roubadas e até mortas durante a ação dos bandidos. O Governo do Estado perdeu a guerra contra a criminalidade e não tem a humildade de reconhecer”, destacou Tovar.

Assessoria