quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Segundo o Portal WSCom, Presidente de Câmara é acusado de deixar pacientes sem atendimento psiquiátrico

O presidente da Câmara de Vereadores de Piancó, Antônio Azevedo Xavier (PODEMOS), está sendo acusado de deixar cerca de 80 pacientes Centro de Atenção Psicossocial (Caps III - João Galdino da Costa) e familiares debaixo de sol.

O episódio teria acontecido nesta quinta-feira (19), quando o vereador não teria cedido a Casa Legislativa para que acontecesse a reunião do psiquiatra com os pacientes. "O encontro já acontece na sede do Poder Legislativo há 10 anos e apenas nesta quinta o presidente da Câmara decidiu não ceder o espaço, sem comunicar nada aos pacientes e ao médico", disse um usuário dos serviços. 

“O presidente deveria ter avisado antes que não iria abrir a Câmara para realizarmos o encontro e pegarmos as receitas”, desabafou Maria Lourenço, moradora de Nova Olinda, responsável pelos pacientes José Newton e Josefa Maria.

Durante os encontros, o psiquiatra José Marcondes orienta os pacientes e familiares sobre diversos temas como depressão, esquizofrenia e também sobre medicamentos.

Diante da postura do presidente da Câmara, a coordenadora do Caps III, Euda Pereira, retirou os pacientes da rua e os encaminhou até a sede do Centro de Atenção Psicossocial para que os atendimentos e palestras fossem realizados.


Fonte: WSCom