sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Líder do governo municipal discorda de votação e afirma que Novo Código Tributário não é o que dizem

A celeuma envolvendo o novo Código Tributário da cidade de Patos ainda está rendendo divergências na Casa Juvenal Lúcio de Sousa. Na última terça-feira (05), foi colocado para votação um projeto que pede a revogação da lei que implantou o novo do Código Tributário.

Na primeira votação, a referida lei de revogação conseguiu o voto de 9 contra 7.

O vereador Jefferson Melquíades, um dos sete parlamentares que votaram contra, e líder do governo municipal na Câmara, disse que ele e os demais contrários, respeitam a decisão da maioria, porém não concordam com os pares da casa.

Ele enfatizou que o novo Código Tributário não é um pacote de medidas maléficas, mas que após muitas explanações sobre esta pauta, já ficou bastante claro que o mesmo traz uma série de benefícios. Além disso, Jefferson defende que o código tributário devia mesmo ser atualizado e revisto em alguns pontos.

Jefferson citou que a matéria compete exclusivamente ao prefeito, e portanto, a lei orgânica defende isso.

- Pedimos o apoio da base para derrubarmos o projeto que pede a revogação, mas infelizmente não fomos maioria.

O parlamentar ainda comentou que diante da situação atual, acredita que o prefeito deve enviar o veto da matéria para que a mesma seja mais uma vez discutida na casa legislativa. (Patosonline.com)