domingo, 17 de dezembro de 2017

Juiz Antonio Eugênio recebe Título de Cidadão em Conceição

(Imagem: Arquivo Pessoal)
Cada vez mais é possível deixar de lado a imagem de um tribunal cheio de juízes com ar sisudo e inalcançável e um vocabulário formal e incompreensível, que estabelece barreiras com os cidadãos do outro lado. O olhar voltado para as questões sociais e a busca de uma efetiva aproximação com a população como ferramenta de promoção da justiça têm se aliado à juventude dos novos magistrados para mudar a cara do Judiciário brasileiro.

O juiz da comarca de Conceição, Antônio Eugênio e o promotor de justiça, Osvaldo Lopes Barbosa foram agraciados com o título de cidadão conceiçãoense. A entrega do título ocorreu na noite desta quinta-feira (15), na câmara dos vereadores.

O autor das duas proposituras foi o atual presidente da casa Manoel Salustiano, Flávio Mangueira. Várias autoridades compuseram a mesa, entre elas, o prefeito municipal, Nilson Lacerda, a vice-prefeita, Nena Diniz e o pastor Vargas, missionário da Assembléia de Deus. O auditório estava completo de pessoas das mais diversas classes sociais de Conceição.

"A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las." Merecer a honra de ser filho de Conceição me faz acreditar que aqui cumpri a minha missão de trazer paz a esta terra. Quando nos tornamos gratos, recebemos mais. Quando expressamos nossa gratidão, recebemos ainda mais. Como mágica este sentimento vai se estendendo por meu coração e minha alma, e tinge de cores perfeitas a emoção que este momento me faz sentir”, pontuou o magistrado.

O Juiz Antonio Eugênio é natural da cidade de Piancó, o que em muito honra essa terra. (Com Vale do Piancó Notícias)