quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Empresário natural de Piancó, é absolvido pela Justiça, com mais quatro réus da Operação Pecúlio em Foz do Iguaçu

A 3° Vara de Justiça Federal de Foz do Iguaçu, por meio do juiz Pedro Carvalho Aguirre Filho, absolveu quatro réus investigados pela Polícia Federal e denunciados pelo Ministério Pública Federal (MPF), no âmbito da Operação Pecúlio.

Na decisão, o magistrado julgou improcedente o pedido de condenação feito pelo MPF, e decidiu pela absolvição dos réus Melquizedeque da Silva Ferreira Correa Souza, Willy Costa Dolinsky, Adailton Avelino (Cantor/Foto) e Raimundo Araújo Neto.

Parte da decisão:

“Ante o exposto, julgo improcedente o pedido formulado pelo Ministério Público Federal, para o fim de ABSOLVER os acusados MELQUIZEDEQUE DA SILVA FERREIRA CORREA SOUZA e WILLY COSTA DOLINSKI, da prática dos fatos narrados nos itens nº 9.1 e 9.2 da denúncia, com fundamento no art. 386, inciso IV, do Código de Processo Penal, e ADAILTON AVELINO e RAIMUNDO ARAÚJO NETO, com Processo 5012195-30.2017.4.04.7002/PR, Evento 8680, SENT1, Página 36 5012195-30.2017.4.04.7002 700004061640 .V7 fundamento no art. 386, inciso VII, do Código de Processo Penal.“