terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Em Piancó, população pede que Câmara encerre o ano legislativo com a Pauta em dia

A Câmara de Vereadores da cidade de Piancó pode não mais realizar sessões nesse ano de 2017, terminando assim o ano legislativo e só retornando em 2018. Segundo populares, vereadores da base de sustentação do prefeito Daniel Galdino (PSD), alegam que a Pauta de 2017 não foi concluída, ficando vários projetos de interesse da comunidade sem ir a votação, a exemplo do Código Tributário Municipal, dentre outros de importância para a população. 

Com o encerramento das atividades parlamentares e sem "limpar" a Pauta, a Câmara prejudicará a gestão municipal a partir do próximo ano, já que tem projetos de interesse do Executivo e que se não forem votados ainda esse ano de 2017, não poderão ser executados em 2018, vindo a trazer prejuízos incalculáveis a cidade. O Executivo Municipal, através das suas lideranças na Casa de Padre Manuel Otaviano, pede aos Membros da Mesa da Casa, que realize Sessão na próxima quinta-feira (21) para fechar a Pauta e votar todos os projetos que se encontram nas Comissões, a fim de não prejudicar o andamento da gestão municipal, para o próximo ano.

O Poder Legislativo é o mais representativo da comunidade, porque ali está a maioria das correntes de pensamento da população, representando os mais diversos setores da sociedade. Os eleitores delegam aos Vereadores, à Câmara Municipal, ao Poder Legislativo, o poder/dever de cuidar das leis, desde sua elaboração até o seu cumprimento.