domingo, 17 de dezembro de 2017

Em Olho Dágua, vereadores da Oposição se retiram do plenário para não votar a LDO e o PPA

Na Sessão realizada na Casa de "Gadibete Cirilo de Carvalho", na manhã desse sábado (16), iniciando às 10:00h e encerrando ao meio-dia, na cidade de Olho Dágua, a população foi surpreendida com as atitudes de alguns parlamentares do Grupo de Oposição, quando se colocou em votação a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o Plano Plurianual - PPA. Como todos sabem, a gestão municipal só pode administrar recursos no próximo ano, se essas leis forem aprovadas pela Câmara municipal, ainda nesse ano de 2017. Para surpresa de muitos, alguns parlamentares se retiram do recinto, deixando de votar. Os quatro vereadores da Oposição se omitiram a votar no projeto, segundo informou o líder da bancada do prefeito, vereador Manuel Laurentino de Almeida (Mano/PMDB). Os que se ausentaram, foram: Weslley Carvalho (PSB), Chico Furtado (PSB), João de Zé de Chico (PSB) e Júnior de Edvaldo (PSB).

O prefeito Genoílton João de Carvalho Almeida (PMDB) foi eleito com um resultado de 54.83% (3,022 Votos) e precisa iniciar o ano de 2018 com o Orçamento aprovado para poder atender os anseios da população, que está sendo prejudicada pela atitude de alguns poucos parlamentares que faz parte do bloco oposicionista, e isso só acarreta prejuízos para a cidade e, consequentemente, para a população em geral.

O Projeto de Lei 21/2017, foi apresentado há cerca de 08 (oito) dias pelo Executivo Municipal. Os vereadores da Oposição questionaram o Parecer. A bancada de Situação votou e aprovou a LDO e o PPA para que a população não seja prejudicada. Quais foram os vereadores que votaram em favor do povo: Zezinho Segundo (PMDB), João Batista de Melo (Presidente da Câmara/PMDB), Vandilson (PMDB) e Sgtº. Deda (PMDB) e Mano (PMDB).

Vereador tem trabalho reconhecido pela população
Manuel Laurentino de Almeida (Mano/PMDB), líder da bancada na Câmara, vem recebendo elogios da população, pelo seu desempenho diante do Legislativo Municipal, e tem sido um articulador quando se trata de interagir o Executivo com o Legislativo, e isso vem fazendo com que a população o elogie pela sua desenvoltura e preocupação em unir todas as forças políticas para o bem da comunidade. Mesmo morando fora da cidade, está sempre atento e participando de tudo que acontece no município.

A LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias: compreende as metas e prioridades da administração pública municipal, incluindo as despesas para o exercício financeiro subsequente (2018), e orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), dispondo sobre as alterações na legislação tributária e estabelece a política de aplicação financeiras no âmbito municipal..

O PPA é um instrumento previsto no art. 165 da Constituição Federal destinado a organizar e viabilizar a ação pública, com vistas a cumprir os fundamentos e os objetivos do Município. Por meio dele, é declarado o conjunto das políticas públicas do prefeito para um período de 4 anos e os caminhos trilhados para viabilizar as metas previstas, para 2018.

A sociedade deve ficar de olho e observar quem são os parlamentares que querem o desenvolvimento da cidade, e quem quer impedir que o Município desenvolva ações para o povo de Olho Dágua.

Com Assessoria