sábado, 25 de novembro de 2017

Temer é submetido a angioplastia e deve ficar dois dias internado em SP

    O presidente Michel Temer (PMDB) foi submetido a uma angioplastia de três artérias coronárias com implante de stent na noite desta sexta-feira (24), informou a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto. Temer chegou a São Paulo no início da tarde e deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, onde está internado, por volta das 18h40.

    O procedimento foi bem sucedido e o presidente se recupera na Unidade Coronariana do Hospital Sírio-Libanês, informa nota da Secretaria de Comunicação. O presidente deve ficar internado por mais dois dias, informou o hospital.

    Temer passou por bateria de exames antes da angioplastia. Todo o procedimento terminou pouco antes da meia-noite.Temer ainda passará por uma reavaliação urológica, segundo informou a assessoria de imprensa da Presidência. Em 25 de outubro, o presidente teve um mal-estar e foi levado para um hospital militar em Brasília. A Presidência da República divulgou uma nota informando que ele teve um problema urológico, em tratamento agora.

    A assessoria do Sírio-Libanês deve emitir um boletim médico sobre a saúde de Temer na manhã deste sábado (25).A jornalista Andréia Sadi havia informado em seu blog que o presidente aproveitaria a internação para passar por avaliação do procedimento urológico a que foi submetido no fim de outubro, que consistiu de “desobstrução uretal através de ressecção da próstata”.

    A obstrução parcial da artéria coronária de Temer foi divulgada à imprensa em 10 de outubro. Segundo a TV Globo apurou, Temer cogitou fazer o procedimento naquela época, mas optou por adiar para depois da votação pela Câmara dos Deputados da denúncia por organização criminosa e obstrução de Justiça. A Casa rejeitou a acusação.À época, o Palácio do Planalto declarou que Temer goza de perfeita saúde. E acrescentou que, nos exames, “não foi constatado nem reportado ao presidente nenhum problema”.


    G1