quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Justiça cassa mandato do prefeito e vice-prefeito de Bananeiras e determina novas eleições

O juiz Jailson Shizuel Suassuna, da 14ª Zona Eleitoral, cassou, no início da tarde desta terça-feira (31), os mandatos de Douglas Lucena e Guga Aragão, prefeito e vice-prefeito de Bananeiras. A Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) é sob acusação de compra de votos.

O magistrado argumenta que no pleito de 2016, onde Douglas disputou a reeleição, houve abuso de poder econômico. Por isso, determinou novas eleições.

Em nota, o prefeito disse que irá recorrer da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Veja nota na íntegra: 

NOTA À IMPRENSA

O prefeito Douglas Lucena informa que, em virtude das notícias já divulgadas na mídia estadual, acerca da cassação de mandato conferido pelo povo, recebe sem surpresa a informação, AINDA NÃO PUBLICADA OFICIALMENTE, MAS ESTRANHAMENTE JÁ REPERCUTIDA EM LARGA ESCALA, tendo em vista que os interesses que permeiam este processo possuem nome e nunca tiveram receio de divulgar aos quatro cantos, mesmo antes da eleição, que não ganhando nas urnas, ganhariam na justiça.

Subverter a vontade do povo sem uma única prova documental ou qualquer testemunha nos autos, tendo uma mera presunção como base para qualquer decisão, é desrespeitar a escolha popular, é agredir o direito. 

O prefeito afirma que o fato lhe dá mais forças para lutar pelo mandato e vigor para fazer com que a decisão dos bananeirenses seja respeitada, acreditando na justiça feita com responsabilidade e imparcialidade.

Douglas informa por último que irá recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba certo de que o resultado das urnas será respeitado, dada a fragilidade jurídica dos argumentos postos nos autos.


Blog do Gordinho