sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Tovar diz que resultado do Inep mostra ineficiência do governo Ricardo Coutinho na educação

O deputado estadual licenciado, Tovar Correia Lima (PSDB), disse nesta sexta-feira (27), após avaliar o resultado da Paraíba na avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que os números apenas confirmam a ineficiência da gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) com a educação. Mais da metade dos estudantes paraibanos do ensino fundamental apresentou resultados insuficientes em leitura, escrita e matemática.

“Não é de hoje que alertamos para a defasagem da educação no nosso Estado. São dezenas de escolas fechadas pelo governador, além dos professores e servidores sem o reconhecimento que merecem. O resultado do Inep apenas confirma a falta de compromisso desse governo em garantir uma educação de qualidade para os nossos jovens”, disse Tovar.

As taxas da Paraíba ficaram abaixo da média do Nordeste e figuram entre as piores do país. Em matemática, somente 14,16% dos estudantes analisados atingiram a categoria “Desejável”, que, entre outras exigências, atesta que estão aptos a reconhecer composição e decomposição aditiva de números naturais com até três algarismos.

Quando se fala em leitura, 71,53% dos estudantes paraibanos apresentaram rendimento insuficiente, sendo 35,94% elementar e 35,59% básico. Isto mostra que estes alunos não conseguiram ter resultados satisfatórios em análises e interpretação de texto. Também não estavam aptos à reconhecer relação de tempo em texto verbal e identificar o referente de pronome possessivo em poema.

A taxa de rendimento insuficiente em leitura foi pior que a média do Nordeste, que foi 69,17%, e muito maior que a média nacional, que foi de 55,73%, em 2016. O resultado da Paraíba foi pior que Pernambuco (70,65% de nível insuficiente), Rio Grande do Norte (67,66%) e Ceará (45,24%). 

Assessoria