quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Outubro Rosa – Assembleia realiza Sessão Especial sobre prevenção ao câncer de mama

A Assembleia Legislativa da Paraíba realizou, nesta quarta-feira (25), uma Sessão Especial para discutir a prevenção ao câncer de mama. Durante todo o mês de outubro, a Casa tem promovido diversas ações para chamar a atenção da população sobre a importância do diagnóstico precoce da doença, a exemplo da Campanha Doe Lenço, realizada em parceria com a União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). A Sessão Especial foi proposta pelo presidente da Assembleia, deputado Gervásio Maia.

Na ocasião, Gervásio Maia destacou que, além das campanhas de conscientização para o diagnóstico precoce do câncer de mama, a Assembleia Legislativa tem adotado outras ações para combater a doença. “A Casa disponibilizou, por meio da Divisão Médica, exames citológicos e de mamografia para todas as servidoras. Além disso, temos fortalecido a campanha Doe Lenço, indispensável para recuperar a autoestima de mulheres que enfrentam a doença”, afirmou.

Para o deputado Janduhy Carneiro, a iniciativa da Assembleia Legislativa é muito importante para conscientizar os paraibanos na busca do diagnóstico precoce. “Todas as ações do Outubro Rosa buscam destacar a importância da prevenção do câncer de mama por meio do diagnóstico precoce. Nesse sentido, a Assembleia Legislativa, na pessoa do deputado Gervásio Maia, está de parabéns ao adotar essas ações”, disse.

O diretor-presidente da Fundação Napoleão Laureano, Antônio Carneiro Arnaud, parabenizou a iniciativa da Assembleia Legislativa é um importante agente de conscientização para o diagnóstico precoce do câncer de mama. “Quando a Casa do povo promove um evento como esse, além de outras ações que tem sido adotadas, dissemina a conscientização para se a diagnosticar o câncer de mama de maneira a evitar tantas mortes”, completou.

A presidente da Associação Brasileira de Mastologia-PB, Jeane Nogueira, ministrou uma palestra sobre os principais temas do câncer de mama, a exemplo dos mitos e verdades sobre o câncer de mama, além dos avanços no tratamento da doença. “São ações fundamentais para diagnosticar a doença enquanto tem cura e, assim, evitar que tantas mortes ocorram”, ressaltou.

Participaram ainda da Sessão Especial os deputados Janduhy Carneiro e Eliza Virgínio, além da presidente da Associação Promocional do Poder Legislativo (APPL), Manuela Maia, a presidente da Associação Médica da Paraíba, Débora Cavalcante, que representou o Conselho Regional de Medicina e a diretora-geral do Hospital Napoleão Laureano, Tereza Lira, entre outras autoridades.

Casos da doença – De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são registrados 27.915 casos por ano de câncer de mama, dos quais 15 mil resultam em morte em todo o país.

O câncer de mama se caracteriza pela proliferação anormal, de forma rápida e desordenada, das células do tecido mamário. A doença se desenvolve em decorrência de alterações genéticas. Porém, isso não significa que os tumores da mama são sempre hereditários.

Palestra – Nesta quarta-feira (25), a Assembleia Legislativa promoveu um ciclo de palestras para os funcionários dentro da programação do Outubro Rosa. Promovido pelo Centro Médico da Casa legislativa, o evento teve como palestrantes o obstetra Giordano Leite e a psicóloga Durvalina Rodrigues.

A diretora da Divisão de Saúde e Assistência Social da Assembleia, Dayse Queiroga, explicou a programação desenvolvida para os servidores dentro do Outubro Rosa. “É mais uma etapa de mobilização para o diagnóstico e prevenção do câncer de mama. Neste ciclo de palestras, o doutor Giordano Leite abordou a prevenção e a psicóloga Durvalina Rodrigues falou dos aspectos psicológicos do tratamento da doença”, detalhou.

Para o obstetra Giordano Leite, o diagnóstico precoce ainda é a melhor forma de combater a doença. “O câncer acomete muitas mais mulheres, e o diagnóstico precoce faz com que as pacientes tenham mais chances de cura”, alertou.


Da Redação
Com Assessoria